quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

A Danada da felicidade



Em uma dessas tarde entediosas de segunda-feira, resolvi escrever sobre algo que de fato me interessasse. Foi vagando pelo site de relacionamentos (orkut) que determinadas comunidades me chamaram atenção. Eram comunidades que falavam de FELICIDADE, tema que sempre me motivou e sempre gostei de discutir.
Só pra seguir a diante, vou colocar as tais comunidades rox (cof cof) que me fizeram escrever este post.
Felicidade...É uma conquista!!
FELICIDADE 24 HORAS POR DIA
EM BUSCA DA FELICIDADE!!!


O mais assustador e ironicamente engraçado era o número considerado de membros que participavam das mesmas.
Elas podem até parecerem inocentes ao primeiro contato, mas não garanto que a prática desse pensar possa fazer algum bem maioral. E sendo assim, elas me incomodam e muito.
Pra falar a verdade, eu nunca acreditei em felicidade.
calma aê, não quero dizer com isso que eu seja uma pessoa mal amada, frustrada ou amargurada com a vida, nada nisso...
Eu não creio é na felicidade utópica que vejo as pessoas buscarem, essa felicidade permanente, ininterrupta.
E respiro aliviada por saber que ela não existe.


Imagina como seria um tédio nossa vida se todo dia fosse festa, toda sobremesa fosse sorvete e chocolate, se todo santo dia recebêssemos presentes, pessoas especiais em nossa casa, o enrolado do noivo de 8 anos resolvesse em fim marcar o casamento, tirássemos uma nota maior do que se pensava naquela prova final. Esses momentos, assim como tantos outros responsáveis por sintomas de alegria, passariam abatidos, indiferentes. Nada representaria e ai sim, iria faltar algo em nós, ia sobrar um vazio moribundo.
É da vida, e absolutamente justo passar por dificuldades, momentos agonizantes e mesmo assim saber que pode vencê-los, que irá derrotá-los. Isso sim é ser feliz.
O bom do viver é deixar de lado o sonho da felicidade eterna, aprender que ela é feita de momentos que não são constantes, mas verdadeiros.



Felicidade é um estado de espírito, algo passageiro e intenso. Não precisamos buscar, basta está aberta à vida, aos sentimentos, basta fazer por onde e logo, logo, ela chega como uma menina saltitante e faz uma bagunça, traz alegria e sem aviso prévio vai embora...
Pois é, ela vai deixar você com saudade de vez em quando p/ sua volta ser muito bem recebida.
Roda e vira ela está lá, ou melhor, aqui dentro de nós.
Vivendo assim, eu me sinto bem, sinto que a vida vale a pena
Eu não quero ser FELIZ 24 HORAS POR DIA, TODOS OS DIAS.
Seria pretensão demais. Eu quero está feliz nos dias que ela resolver bater a minha porta...
e olha que ela vem com uma frequência danada pra mim.

Pra ser feliz é preciso não buscar desesperadamente o sentimento de ventura.
=))


Um comentário:

Rugo disse...

perfeição Bam. Já falei que vc consegue me convencer de tudo. Mesmo que discorde no inicio.. no fim sem nem perceber vc já me convenceu... isso se chama ELOQÜÊNCIA né? rsrrss bjO