quarta-feira, 23 de julho de 2008

Perfeita imperfeição.


Comida, roupas e sapatos. Isso eu tenho, é o que eu preciso pra me manter de pé e razoavelmente apresentável na sociedade. Só que eu tenho ataques súbitos de insatisfação.

O melhor pra acabar com isso, foi me convencer que eu tenho bastante, e o que eu quiser acrescentar, devo buscar. Sem avassalos, sem desespero. Afinal, o que tem de ser meu, às minhas mãos há de vir - já dizia Machado de Assis.

Mas há alguns dias atrás, havia algo que eu não conseguia conter, era a necessidade de vestir minha alma que estava nua, com frio e insatisfeita.

Por que, mesmo sem saber, eu queria tudo em estado perfeito. O que jamais iria conseguir.
E hoje, abandonei essa história de querer viver tudo com perfeição.

Eu não tenho uma família perfeita, que nem aquelas de propaganda de margarina. A gente briga, não compreende um ao outro por muitas vezes. Mas temos um amor imenso, ai daquele que ouse falar mal ou machucar um de nós, a coisa fica feia. Quando a coisa está ruim lá fora, não adianta, a familia é a base. É o porto onde desagua minhas lágrimas.

Não tenho amigos perfeitos. Eles falham, dão mancada e até mente por uma boa causa.
Mas estão sempre no lugar certo, na hora certa. Nunca recusam a me ajudar. [ mesmo que reclamando].

Meu amor é cheio de defeitos. Moramos longe um do outro, temos pensamentos diferentes, e por vez, amamos de maneira diferente. Porém não há como negar que existe amor. Temos um companherismo desmedido e nossos olhos brilham quando estamos juntos.

E eu que queria tudo perfeito, não sou perfeita. Sou impaciente e incompreensiva, carrego nas costas outros mil que não ouso falar.

Hoje quando o sol amanheceu, eu entendi que perfeição é mesmo aquilo de ver a mesma situação em ângulos diferentes. O que é ou não perfeito é só a maneira que sua pupila dilata quando ver as coisas e seu coração pulsa quando as sente. Por isso, eu escolhi descobrir minha perfeição na minha imutável imperfeição.


Ganhei um selo da Intense que eu já namorava há um tempo. Obrigada, querida.

16 comentários:

Caféína disse...

Quem não tem defeitos né?
e mesmo assim, sempre temos as qualidades que devem mascarar os mesmos.
obrigada pelos elogios
to te linkando tb
beijos

Daniel Abreu disse...

Aaah rapaz...
As vezes eu tenho essas crises também, mas logo passam. Meio que aprendi a valorizar mais as coisas, principalmente a família. (Na verdade ainda estou aprendendo.)

Aaah, e obrigado pela força no Desafinado, seu comentário já ajuda bastante, principalmente por me entender. (E não, eu não reclamo quando escrevem demais, muito pelo contrário.)

Beijos

Janete Andrade disse...

'O que é ou não perfeito é só a maneira que sua pupila dilata quando ver as coisas e seu coração pulsa quando as sente. Por isso, eu escolhi descobrir minha perfeição na minha imutável imperfeição.', essa seria uma descrição da perfeita da perfeição - uma maneira de enxergar as coisas. *-*

parabéns pelos e tem mais pra vc no meu blog, HEHE. :DD

beeijo =*

Myn disse...

que imperfeição perfeita...

Candy disse...

Perfeição?
bem, isso tenho buscado ao longo dos meus 21 anos. Sabe o que aconteceu? descobri que ela não existe e que minhas frustrações por não encontrá-la, eram totalmente previstas.
E qnd vc alcançasse a perfeição, oq vc faria depois? já pensou nisso?
Viva a imperfeição!!!

;****

Layz Costa disse...

Perfeito Van, demais!
É isso mesmo. O que vale mesmo é o desejo de tornar os momentos mais imperfeitos, com pessoas imperfeitas como nós PERFEITOS.
Mas afinal, o que é a perfeição? Quem disse isso?
;)
beeijo
=*

duda disse...

Lindo seu texto.

Voce sempre sabe dizer o que eu tou precisando, nessa...

e viva a imperfeição

Jéssica disse...

Se não existissem os defeitos, onde ficariam as qualidades?

Enfim, eu estou me sentindo assim, como você disse, com a alma nua, fria e insatisfeita. e é uma pena que eu saiba qual o motivo disso - mas não posso buscá-lo.

Enfim, um dia as coisas que eram pra ser suas, acabam vindo pairar na sua mão. :)

;*
Adoro você, o que quer dizer que eu adoro o blog também. hehehe :)

Jéssica disse...

Que bom. É bom fazer as pessoas rirem, chorarem. Gosto de provocar emoçoes. hahahhaa :)

Que feliz! Obrigada... :)

;*

ninguemsabe disse...

como eu costumo dizer e prefiro acreditar: a perfeição está nas pequenas coisas... as vezes estamos tão preocupadas com detalhes que falharam que não conseguimos enxergar as belezas... ;)
adorei o blog!!!
se cuida
beijão

Jacqueline Soares disse...

Realmente amigah.
A Perfeição esta nos olhos de qm verr..
Esses ataques súbitos também me pegam pelo pé algumas vezes, mas logo passa.
=]]

E bom saber que muitas coisas naum acontecem somente comigo..
sahdashudhuas

beeeijusss

Caféína disse...

iSSO AÍ, eternizar a escrita!!
é o dom mais bonito que temos, eu acho!!
SIM, o selo é pra vc tb!!!

Fláh disse...

e quem é perfeito?
Qual familia não briga, qual namorado nao pensa diferente?
As diferenças que fazer a vida colorida e menos monotona.

:D

Michele disse...

Van, passei o mesmo selo pra você hoje lá no meu blog! Prometo que da próxima vez lhe dou um inédito! :(

Essa sensação de não se ter ainda tudo o que se deseja, faz parte do ser humano! A constante busca por mais! Mas há de se reconhecer o momento exato de parar, pensar e reconhecer que, uma mudança num ponto de vista, muda também todo o significado daquilo que está ao nosso redor! Reconheci muito de mim em suas palavras e lhe digo que sou mais feliz ao passo que deixo de exigir tanto de mim, dos outros e da vida. A vida fica mais leve quando simplesmente vivemos!


Beijos todos!

Janete Andrade disse...

de nada! ô/ ;DD

vanessa vc tem orkut? :)

=*

Jéssica Feller disse...

ameiiiiiiiiiiiiiii!
muitooo obrigadaaaa
x)
sério.. isso faz meu dia!

ps. queria te passar um.. mas vc ja tem oq eu ganhei
;~~

mas ô.. vou procurar! hauihuiahuia
x)
AMOO