sábado, 16 de agosto de 2008

E que se vá...

As poucos tenho ficado assim, limpa de toda sujeira, das palavras vazias, do sorriso sem graça, do abraço frouxo. Tenho cortado todas as relações por conveniência, relações que não somam, não acrescentam.

Pra mim, atualmente, está bem comigo e com as pessoas que amo, é o mais importante. Gastar tempo com o morno, não me satisfaz.

Importante são os portos onde deságuo minhas lágrimas, os escudos onde eu me protejo. Tudo que eu andava fazendo, tudo que andava matendo, não era meu, não cabia em mim, não fazia bem.

Quero novas verdades, novos juízos, fé renovada, pensamento idem.
Quero abandonar definitivamente esse rascunho de hipocrisia velha, mal feita e suja.

23 comentários:

Jéssica disse...

Tava com esse mesmo pensamento enjoado-de-mim há semanas atrás. E vi que uma das coisas que podia me renovar ou adicionar muito mais à mim mesma o que eu tenho de bom é a leitura.

A leitura proporciona tanta coisa boa, e nos preenche de uma forma que não dá pra medir. É lindo.

Portanto, leia. Agora e sempre.

;*

Danielle Alexa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Danielle Alexa disse...

Nossa, você fez esse texto pra mim...
Tipo, contou uma fase da minha vida..
hehe
hoje estou só com as pessoas que realmente amo, e isso me faz muito feliz!

Conde Vlad Tepish disse...

A auto-renovação é sempre importante, é como dar uma geral no sótão, apesar de que casa de brasileiro não tem muito sótão, mas tu me entendeu, às vezes guardamos muitas coisas velhas e empoeiradas que se não tomarmos cuidado podemos acabar pegando alguma rinite alérgica e aí... É isso aí, renovando-se hoje e sempre, e concordo com a Jéssica, "ler" é um remédio dos deuses e ótimo para improvisar nossas defesas também!
Beijos do conde!

Ana Amélia Teixeira disse...

É isso ai!!!
Aos pucos cortamos o que é desnecessário pra nossa vida e damos mais espaço para o mais importante.
bjuxx!!

Layz Costa disse...

uhuuuuuuuuu!
\o

Comecei já isso e pelo orkut!
hahahaha
:B
Ahh Van, se renovar é uma delícia, faz um bem danaaado! E viva uma vida feliiz!
Vou pro show do Marcelo Camelo, na Conchaa, Ná vai também. voce vai?
.__________.
beeijo e boa semana
;*

Janete Andrade disse...

caramba me identifiquei muuitO com esse trechinho aqui: 'Aos poucos tenho ficado assim, limpa de toda sujeira, das palavras vazias, do sorriso sem graça, do abraço frouxo. Tenho cortado todas as relações por conveniência, relações que não somam, não acrescentam.', e me lembrei de uma coisinha de Clarice (sempre ela né) ela diz mais ou menos (não lembro mto bem)assim: 'estou limpa da minha intoxicação de sentimentos.', aos poucos tbm tô me renovando, jogando fora o q não serve mais... (:

;*

Verônica Jardim disse...

vez ou outra temos que jogar fora o velho para abrir espaço para o novo. é como aquelas limpezas que fazemos nas gavetas no final do ano. ;)
beijão

ninguemsabe disse...

vez ou outra temos que jogar fora o velho para abrir espaço para o novo. é como aquelas limpezas que fazemos nas gavetas no final do ano. ;)
beijão

Ane Talita disse...

PERFEITOOO, querida!

"Gastar tempo com o morno, não me satisfaz."

beijos!

Caféína disse...

é bom dar uma repaginada.
é bom renovar!

laemcasa disse...

e tem que se ter muita coragem pra romper relações por conveniência, é impressionante como parece que o mundo se alimenta delas.
deixe ir todas as coisas que não lhe fazem bem. liberte-as. liberte-se.

beijo

laemcasa disse...

e esqueci de dizer. esse mesmo texto que vc fez, eu poderia ter feito em outra fase que passei.
e quer saber? valeu muito.

Y a s h a disse...

Relações que não somam, não acrescentam, temos que cortar sim, são atrasos de vida. Temos que tirar a fé da gaveta e fazer valer todas as nossas verdades. :)

Amei o novo visual *-*

=*


o labirinto ta atualizado;

Cin disse...

Que venha então os tempos de renovação!
Bjinhos!

Camila Colossi disse...

éeh q lindo esee post xd
adoreeei como escrevee xd



;*

Daniel Abreu disse...

"Sempre desprezei as coisas mornas. Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoração ou seu desprezo. O que não faz mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia...."

Li isso em algum lugar, não descobri de quem é, mas fica a menção.

(Bom saber que gostou do ultimo post.)

Beijo

Naraiana Costa disse...

"tô podando meu jardim..
tô cuidando bem de mim"

faça isso. E arranque as ervas daninhas por favor.
=*
saudade

temos que combinar o lance do show, se vai rolar memso. marcelo camelo.
viu?

Michele disse...

Tá certo, Van! Há um bom tempo fiz isso em minha vida e não tenho motivo nenhum pra me arrepender. Que fique apenas o definitivo, o que deseja ficar. Odeioo meio-termo. Indecisões, então, me causam calafrios!


Beijo grande, bonita!

Clecia disse...

Gostei do poema, Vanessa!:) Bjos e um excelente domingo para você!

Something like dreaming disse...

Amei o texto!
É com a beleza das palavras que libertamos a alma.
Parabens, escreves muito bem!

Naraiana Costa disse...

pronto van:

http://escarlateandoavida.blogspot.com/

Myn disse...

ráaaaaaaaaaaa
eliminar toda hipocrisia e toda relação por conveniência? sim, sim, sim

beijos