domingo, 21 de junho de 2009

Quando comecei a crescer.

Eu cresci. Não quando deixei de brincar de bonecas, mas quando aprendir a não fazer ninguém de brinquedo, a não ser leviana com os sentimentos alheios. Cresci. Não quando passei a trazer carga de papéis comigo, a ter mais documentos, mas quando percebir que responsabilidade é uma ponte pra maturidade.

No início do ano, 2009 chegou e eu ainda não tinha entrado no ritmo, sei lá, tava perdida... não sabia direito por onde ia começar. E agora, no meado do ano, eu vejo tanta coisa, tantas possibilidades, mente aberta, crescimento com cada coisinha que tem acontecido em minha vida. Tenho aprendido tanto nos últimos dias, aprendido com pequenos detalhes, decobrindo o que quero, como quero. Tenho crescido tanto. Olho pro espelho e ainda vejo aquela menina, pequeninha, dengosa, mas com uma fortaleza, um escudo.


E tou feliz. Feliz em acordar, fazer pequenas atividades como ler um livro, uma revista, tomar café. De encarar com calma uma semana difícil, longa. E isso tudo porque tou crescendo, enxergando as coisas com serenidade, eliminando a obscuridade que a ansiedade não nos permite ver. Dando um passo de cada vez, aprendendo que tudo tem sua hora e a hora de amadurecer também. Eu até achava que crescer era doloroso, e pode mesmo ser, no entanto, é etapa ímpar e dela pode transbordar tantos sorrisos, tanta firmeza. Tanta vontade de ir em frente... e eu vou.


9 comentários:

Vanessa M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel Abreu disse...

E eu vou junto!

=)

Jéssica disse...

Eu achava que era também, que talvez não fosse aguentar, mas hoje vejo que o que não dá para aguentar é fugir do crescimento, do amadurecimento. Porque, afinal de contas, é uma fase da vida, e todo mundo precisa passar por ela. :D

;**

Rany disse...

"Quando a gente acha que tem todas as respostas,
vem a vida e muda todas as perguntas ..."

Luis Fernando Verissimo

jverdi disse...

Oi

Te convido pra conhecer meu Blog e minhas idéias.
Qdo. tiver um tempinho, dá um pulo lá.

http://www.julio-verdi.blogspot.com/


Bjs


Júlio Verdi

Nana de SouZa disse...

Vai sim, e vai alçar o vôo longe!
Porque vc cresceu!


Um cheiro enoooorme

Mariana Kralco disse...

o fato é que todos nós sempre estamos em busca de evolução, crescer faz parte desse valioso e belo ciclo chamado vida!

belo texto!

bjinhu

Y a s h a disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Y a s h a disse...

Vai, vai sim, aproveita e dá uma passada por aqui. :)

Crescer é doloroso. Qualquer um que te disser que não, está mentindo. Mas crescer é preciso. Seja através das pequenas coisas, ou não.
Às vezes, quanto mais as coisas mudam, mais elas permanecem as mesmas. Mas às vezes, oh, às vezes mudar é bom. Às vezes mudar é tudo. É preciso arriscar.

beijo, flor. ;*