sábado, 14 de maio de 2011

Vó, você foi mas ficou.

Vó, quando a senhora foi embora, aqui embaixo virou um escarcéu. Foi tanta gente chorando. Minhas tias e minha mãe perderam o rumo, vó. Não dava sem você. E eu, uma das netas mais afastadas, chorei muito no dia da sua despedida e depois dela. Que ironia, vó, com sua partida eu entendi tanta coisa sobre o amor. Minha mãe diz que a vida dela ficou meio sem cor e, infelizmente, sei o quanto isso é verdade.

Hoje quase não vemos mais as lágrimas, e sim sorrisos quando falamos da senhora. Você nos fazia ri tanto em vida. Nada mais justo continuar nos trazendo alegria com suas lembranças.

Hoje minha mãe contou que, arrumando suas roupas essa semana, ela encontrou a saia dela que procurava há séculos. Mas vó, você achou a saia de minha mãe bonita e escondeu pra usar. Ninguém notou.

A senhora era tão sagaz, vó...

=)

2 comentários:

Michele disse...

Pois é, querida... as pessoas se vão e deixam marcas na nossa vida pra sempre! Mas apesar da tristeza da saudade, que bom que sua avó deixou lembranças boas, engraçadas, legais de serem lembradas! :)

Um beijo grande!

'Lara Mello disse...

Ai, que lindo! Também tenho uma ligação muito forte com minha Vó! e nem quero pensar quando ela se for..

:)