domingo, 6 de abril de 2008

Testar.

Testar.
Assim que eu ando, me testando o tempo todo. Testando-me na ânsia de conseguir me mostrar inteira. Testando cada passo meu, cada movimento, minhas fraquezas, cutucando fantasmas pra saber onde dói, como machuca e até onde eu suporto. E eu que me julgava fraca, acabo de descobrir que suporto muito.

Eu meto a cara pra descobrir até onde vai, mesmo parecendo uma idéia desconexa e louca. Eu preciso me testar.

Testar até onde eu aguento sem desabar, até onde minhas forças podem me manter de pé. Não deve ser assim com todo mundo, mas todas as vezes a dor foi suportável e eu sair com gosto de vitória. Cutuquei a dor, ela chegou, a mandei procurar residência em outro lugar. Aqui dentro ela não tem vez, a força vence. Sempre.

4 comentários:

danyelfreytas disse...

muit bom seu blog, a foto la em cima é muito massa parabens!!!

entra tmbm em:

http://petboys.blogspot.com

Priscilla Jequitibá disse...

adorei tua imagem la em cima
muito show
se testar é bom
a gente descobre quem realmento somos
e nossos limites
q estao
normaumente
muuito alemdo q achamos poder ir!
bejux

Lobo disse...

Testar, testar e testar....a gente faiz isso constantemente sem que nem a gente perceba, ja virou rotina ^^
seu blog é bom =**

caio arroyo disse...

Nada melhor do que testar nossos limites, alias quebrar esses limites e provar que nao existem limites, a foto do seu blog é muito engraçada