quarta-feira, 2 de julho de 2008

Essa é uma carta de alerta.

Meu caro (a), já faz muito tempo que você tem perdido um tempo grande de sua vida comigo. Não que eu me importe por perder seu precioso tempo me odiando, mas não custa nada te deixar em alerta.

Enquanto você perde seu tempo criticando meu orkut, minhas comunidades, fotos e afins, poderia está enviando scraps pra pessoas que estão longe de você, se divertindo com as fotos de seus amigos.

Enquanto alimenta sua raiva por eu ter aparecido deslumbrante naquela festa, e como meu sorriso emana alegria, poderia está fazendo coisas que te proporciona prazer, sorriso estampado na cara.

Você faz questão de apontar defeitos em mim que nem sabe se existem ou não. Eu faço questão de cuidar de mim e melhorar cada dia mais. Tente cuidar mais de você.

Tenho que assumir que já perdi um bom tempo com você, mas como prezo muito por coisas boas, te deixei de lado. Hoje pouco me importa o que anda fazendo. Seria uma boa se você também me deixasse de escanteio.

Pare de ler as coisas que eu escrevo e não lhe agrada. Pegue um livro de um autor que gosta bastante e devore. Vai ser muito mais válido.

Eu tou tentando te alertar. Não que eu tenha algum sentimento bom por você, também não há nenhum tão ruim assim.

Indiferença é o que eu destilo. Pague na mesma moeda.

Seja indiferente comigo, mostre e sinta como minha presença não faz diferença alguma.
Tire o olho gordo das minhas alegrias, dos meus laços afetivos. Pare de questionar como as pessoas aguentam está ao meu lado. Não perca seu tempo pensando coisas ruins sobre mim, ocupando sua mente que já deve ser bastante carregada.

Se divirta, saia, vá ao salão, se perfume, brinque com uma criança, vá aos lugares que te agrada.
Mas, por favor, não perca tempo comigo dessa forma.
Te garanto, não vale a pena.

12 comentários:

BABI SOLER disse...

Algumas pessoas desperdiçam tempo tentando destruir a vida alheia.
Obrigada pela visita!

.Intense. disse...

Uau, adorei. Não vou tecer maiores comentários...hoje eu tou pensando mto nesse assunto do 'vamos cada um viver sua vida' e sobre indiferença tb...vou guardar sua carta, pra quem sabe eu precise em uma oportunidade?

;)

beijos intensos!

ps.: o blog mudou a cara de novo ou sou eu que tou viajando?

Jéssica disse...

Muito bom. É de um tapa na cara desses que as pessoas precisam pra se ligar, as vezes =D


Adorei e, não sei porque, mas li de trás pra frente :S
;*

Cin disse...

Uau, disse o que precisa dizer sem perder a classe. Parabéns!
E obrigada por seu carinho no post sobre o baby viu? é realmente uma emoção única.
Bjão!

.Ná. disse...

E que alerta, hein!?
Certíssima!
Beijos

.Ná. disse...

E que alerta, hein!?
Certíssima!
Beijos

Layz Costa disse...

Adorei a postagem, ADOREI.;)
na verdade isso era tudo que eu queria escrever mas a pessoa vai muito lá no blog,seria uma indireta mesmo. :~
Gostei da classe, do jeito lindo e educado como você mandou esse alguém à merda!
HAHAHAHA
beeijo
..
*

Luciene disse...

Aí nessa, adorei o texto!Tá aí essa carta p/as pessoas que gostam de "cuidar" da vida dos outros!!
Ai ai, estou gostando daqui (ja percebeu ne?)hehe
Bjos

Naraiana Costa disse...

Neeeeeeessa preciso falar com voce direito. Aquele dia que me ligou eu nao podia falar direito meu pai tava do lado...
[tinha acabado de chegar em casa, noite fora, pós-quase-coma alcóolico. penseeeeeeee!]

Naraiana Costa disse...

Ps.: AHAZZOU NO POST!
tinha que ter fonte 72 pra esse meu ahazzou. ¬¬

Janete Andrade disse...

sabe lembrei-me agora de um texto de martha medeiros, ela fala sobre amor e ódio, e explica q o ódio não é a antítese do amor, mas sim a indeferença seria a antítese do amor.
aquele q nos odeia perde noites de sono pensando em uma maneira de nos destruir, já aquele q é indeferente a nossa existência simplesmente deita-se e dorme sem ao menos lembrar q existimos. e pra finalizar clarice lispector disse certa vez: 'ódio é amor irrealizado.', então essa pessoa q te odeia tanto na verdade vanessa guarda um amor platônico por vc! ;)

=***

P.S.: adoreei a nova cara do blog. xD

Caféína disse...

Sem internet fica complicado hj em dia!!!

Adorei a carta!!
bjs