sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

De um medo perdido entre os papéis.

Eu juro que tentei, tentei manter o equilíbrio, tentei relaxar, ficar bem, dizer que tudo vai sair como eu quero - como eu desejo. Mas não deu, hoje não deu pra ser forte, sorri de verdade.
Tive vontade de chorar, de me agarrar ao travesseiro, de segurar na mão de alguém que não me dissesse nada, de ficar no escuro em silêncio, implorando que isso passasse. Tou cansada, cansada de não conseguir concluí o que já está mais que na hora, cansada de todo dia olhar pra tanta coisa que escrevi e ver que sempre precisa de algo a mais. Cansada do meu TCC, essa monografia que não acaba nunca. Cansada de quem um dia esteve no meu lugar, olha pra mim, e duvida se pode ser mesmo isso tudo, de quem olha e fala com a maior simplcidade que se eu não passar, tudo que eu estudei durante quase 2 anos vai ser jogado no lixo. Assim, do nada, de graça. Medo de falhar, medo de decepcionar quem tá acreditando em mim, quem confia que eu posso chegar lá na banca e fazer bonito. Medo do que vem depois, das minhas escolhas que eu quase nem sei quais serão, medo do" não".


"...porque desgraça pouca é bobagem."

6 comentários:

Y a s h a disse...

Sei exatamente o que você ta dizendo. E isso, no meu ver, chama-se pressão psicológica, quando alguém lhe impõe toda confiança e você se sente obrigada a retribuir com sucesso. Senti isso há pouco tempo com o vestibular e sei o quanto é ruim, por isso nunca gostava que me pusessem tanta confiança, porque eu me sentia obrigada a passar, a fazer acontecer.
"Medo de falhar, medo de decepcionar quem tá acreditando em mim, quem confia que eu posso chegar lá na banca e fazer bonito."
Você pode fazer bonito, sim, claro. Mas faça isso por você, não pra provar a ninguém que acredita em você, você está pondo muita carga em si, pense no lado ruim também, assim você vai conseguir encarar o medo.
Respira.
Se você estudou durante quase 2 anos, se você se esforçou pra isso, por que não daria certo?

É no "não" que se descobre de verdade.

Vou pedir serenidade e discernimento pra ti, é o que mais importa agora.

beijo. :*

Daniel Abreu disse...

O medo é normal, e eu costumo dizer que às vezes precisamos ser frio o suficiente para não deixa-los transparecer e nos influenciar. Essa é a diferença de quem tem coragem e quem não tem. Eu sei que você é maior que seu medo.

Você pode errar, perder o curso, falhar em algumas etapas, mas a vida é cíclica e oportunidades não te faltarão.

Eu acredito em você. Porque ainda que não passe, ou algo dê errado, eu sei que isso não mede sua capacidade. Não mede capacidade de ninguém. Sinceramente eu acho que vôcê está indo bem e que o nervosismo é só por ocasião mesmo. Mas não deixe que o medo tire o que é seu. (Engraçado eu falar assim do medo agora né?)

Bola pra frente Van.
Pro que precisar, estou aqui.

Adoro demais!

Jéssica disse...

Se você sabe que pode chegar ao fim com mérito, então não é necessário que se tenha medo. Claro que você sente, aliás, é até impossível não sentir. Mas se isso de alguma forma te conforta, pensa no que você pode realmente fazer, no que você sabe, em quem você é. As coisas vão seguir em frente, por mais árduo que o caminho possa parecer. Vai por mim, é melhor tentar passar por cima das pedras com a cabeça erguida que desistir por medo ;D

;**

Pequena Poetiza disse...

então chegou a hora de jogar o medo pro alto e se encher
acreditar em vc
buscar toda sua potência
pq naum basta que digam a vc... que falem que vc pode... que vc conseguirá... se vc não tiver a CERTEZA de que vai conseguir

Não dá pra ser 100% de equilíbrio o tempo todo
a gente cansa
a gente procura
a gente grita
a gente berra
mas a gente tb corre a trás se ergue e vai a luta...

que tu consigas aquilo que SABE que pode

beijos e afetos

.Intense. disse...

Obrigada pela super força lá no blog, Van...não vou repetir o mantra do 'calma que passa' nem o 'calma que vai dar tudo certo' pq sei que isso não resolve nada pra gente. Hj, ganhei uma gargantilha com uma imagem de uma santa, de uma amiga que teve banca hj tb...diz que é pra me proteger. Daqui, passo proteção e energia positiva pra vc...

...e te contar uma, melhor estilo 'merda maior': acredita que uma amiga foi reprovada, pela primeira vez na história do meu curso? a data de entrega era hj. ela não entregou. tentou argumentar. mas não tava trabalhando, todo mundo sabia. resultado...

triste. eu tou tão nervosa, ansiosa, e surpresa, que nem soube o que dizer pra ela.

=/

Bjos pra ti e, boa sorte pra 'nós'.
;*

Danielle Alexa disse...

Nossa, já tive medo de tanta coisa...mas a vida é cheinha de oportunidades, se não dá certo hoje, dará certo amanhã!
O que importa é NUNCA desistir do que você quer! A vida não tá fácil pra ninguém, e nós somos humanos, temos direito de sentir medo, cansaço, temos direito de errar...mas sempre há uma saída e uma solução pras coisas ruins!
Se acalma, e tenta encarar as coisas de uma maneira positiva.
Bjos!