sexta-feira, 19 de dezembro de 2008



"Porque eu não quero ter ciúme que é o cúmulo.
Ciúme é acúmulo de dúvida, incerteza de si mesmo, projetado, assim, jogado como lama anti- erótica na cara do desejo mais intenso de ficar com a pessoa.
E eu não tô a toa...


Eu sou muito boa pra vida, eu sou a vida oferecida como dança. "


.
( Só deixo meu coração na mão de quem pode/ Katia B)

12 comentários:

Ane Talita disse...

Identificação TOTAL!!!!

molin' disse...

ciúme é realmente o cúmulo!
adorei =)

beeijo

Pequena Poetiza disse...

adorei isso

bjos querida

Caféína disse...

Muito boa a bagaceira toda...
e tô contigo e não abro nesse post!!

' Montreal. disse...

MUITO bacana,
perfeito o texto!

[ela voltou \o\]


=**

Anderson disse...

Oi Srta.
Adorei seu blog, pois seus textos são ótimos. [parabéns]
Beijos.


Ps. Se possivel, não deixe de acessar meu blog para compreender um pouco do meu Fetiche.

Luci disse...

Nossa, quanto tempo eu não entrava aqui!Senti saudades! Todos esses textos que vc posta aqui são precisos, porque possuem sentimentos, e os sentimentos são precisos! ;)

Mayana Carvalho.♥ disse...

"Só deixo meu coração na mão de quem pode"

simplismente ameiiii essa frase
P E R F E I T O.

Beijos

Cal disse...

Ciúme só é bom quando é pouquinho, e o outro até gosta.
Mas aquele ciúme doentio, que faz mal...esse eu despenso.

Só deixe seu coração na mão de quem pode.

Beijos.

Y a s h a disse...

Só deixo meu coração na mão de quem pode.
Que lindo isso ._.

ah, eu sou ciumenta, muito. Discreta.
Mas confesso que às vezes é um saco ter ciúme excessivo.

Jana disse...

"Eu sou a vida oferecida como dança." Adorei!

Y a s h a disse...

Ah, obrigada pelo comentário. Com certeza ela irá sempre comigo, mas conto com o tempo pra amenizar esse nó aqui dentro. :*