sábado, 7 de novembro de 2009

Cuidado, é frágil.

Coração, com o amor tem que se ter cuidado. Quem inventou que ele suporta tudo? Suporta não, às vezes um descuido pode ser fatal. É preciso mãos de artesão, toque leve. Se muito machucado, quando não morre, fica em frangalhos, com ferida exposta e se torna em amor machucado. Daqueles amores que quase não se vê, impregnado de veneno dos dias qualquer.

Um comentário:

Danusa disse...

Olá Vanessa! Obrigada pela visita! E sim eu gosto muito do seu blog e da forma como escreve, por isso eu o citei no meu.

Bjo.