sexta-feira, 9 de abril de 2010

cadê o stop da rotina?

 
 
O feriado da páscoa me deixou com vontade de não querer voltar a rotina, mais preguiça, cama dessarrumada. Voltei arrastada para as obrigações, com um passo de quem quer parar. Fui num shopping forçada, trabalhei mais forçada ainda. Meu corpo e alma só pedia acalento e eu não pude oferecer. Tudo que a gente precisa às vezes é parar. Parar de correr, de conversar, de comprar. Para de receber e fazer ligações.

Tudo o que eu quis foi parar, respirar devagar, e nem ligar para o despertador do celular me acordando de manhã. Quis tomar banho quente, banho demorado e voltar pra cama. Quis paz, sossego, quis o que eu não pude ter. Quis carinho de quem amo. Tive pernas cansadas e o único consolo pra elas foram doses de hidrante, nem uma massagem pra me alegrar. Quis livros, filmes, não tive. Quis não me preocupar com o horário do ônibus, do médico. Quis pouca seriedade, pouca responsabilidade.

Quis e tou querendo... o tempo de chuva tá tão bom pra parar, descansar. Só quero encontrar um canto onde eu possa respirar. Tou pedindo muito?



" Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Mesmo quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não pára
A vida não pára não..."
 ( Lenine - Paciência )

12 comentários:

Michele disse...

Tá não, Van! Também tô querendo o mesmo! Isso é bem coisa de feriado! A gente para e depois vem aquela preguiça danada de voltar à rotina! E o tempo não ajuda! Frio e garoa por aqui! Quero só comer e dormir! haha

Linda aquela música, né? Também não me canso de ouvi-la! :)

Um beijo, querida!

Malaguetta disse...

como da preguiça voltar a trabalhar depois de um feriado bom né?

.Ná. disse...

Você percebeu que eu parei? Parei com o blog essa semana porque não pude parar com outras coisas. Mas eu sinto assim. Já havia um mês que eu não sabia o que era um domingo descansado... Agora eu parei. Parei de comprar, parei de pensar, parei de querer mais de mim. Eu só quero respirar tbm e aproveitar os momentos que me restam.
Vou contar: me decidi. NY me aguarda... e é pra logo.
Beijos

Paula disse...

Ai e essa música é um bom começo...;)
É a própia calma!

Jacqueline Soares disse...

-'. Pois é, infelizmente precisamos que a vida pare um pouco, precisamos de um tempo pra nós, pra descanso, pra paz e não conseguimos.
A vida não tem pause, stop, não conseguimos segurá-la ou pedir que adiante. Fazer o q neh??
=]

Te amo!

Martha disse...

Tá um frio danado por aqui, que dá preguiça até de digitar. hahaauhaua


mas sabe, né, não ia deixar de comentar.




ps: quero RESPIRAR MAIS.

Michele disse...

Meg é mesmo um espetáculo, Van! Tomou banho nesta manhã e está com cheirinho de maçã-verde! Dei-lhe uma mordida pra comprovar se o gosto estava tão bom quanto... Não! hahaha

Eu sou uma "mãe" babona!


Beijo, querida!

Alê Quites disse...

Stop não rola, mas vale mudar o foco, sempre.
Adoro essa música do Lenine.
BeijOS

Thais motta ~ disse...

Adorei teu blog flor .
Estou te seguindo.
Te encontrei lá no blog da Intense e vim te visitar :)

Um beijo .

Ada Lílian disse...

É bom mesmo dá essa parada, mas eu não consigo por tanto tempo, só for dormindo :P
Tô precisando de um relaxamento desses. Brigada pelo comentário do blog viu? Beeeijos.

Tay disse...

Todos os dias peço pra que o relogio pare um pouquinho,mais parece impossivel,e a gente vive correndo,pq simplesmente ele ñ para!
bjs

Camila disse...

Não para não, não para...