sábado, 5 de dezembro de 2009

.sobre borboletas e liberdade.

Daniel, meu namorado, me presentou com uma capa de celular roxa com uma borboleta de strass. Linda. Vi e gostei na hora. Adoro coisas de borboletas.

Depois fiquei a pensar: Quando eu passei a gostar de borboletas? Não me lembro bem, mas sei que foi antes de descobrir que meu nome significa "espécie de borboleta" ou "linda borboleta. Porque eu gostava tanto de borboletas, nunca havia parado pra pensar, até receber a capa...


Gosto de borboletas porque representa tudo o que sou e não sou. As cores vivas delas é o que sou. A percepção de sentir rapidamente transformações negativas no meio que me encontro, o tamanho pequenino e a delicadeza também são semelhanças que me cabem. Sobretudo, sua metamorfose antes de alçar vôo.


Mas talvez seja pelo o que não sou a minha maior admiração. Talvez seja porque são símbolos de liberdade, o que não consegui ser por inteiro. Anseio pela liberdade de ser rainha absoluta de mim. De não ter medo em seguir os impulsos do coração.

E um dos primeiros passos é marcar na pele uma tatuagem de borboleta, declarando minha vontade. Isso também é liberdade.



6 comentários:

Daniel Abreu disse...

O seu namorado, Daniel, é um fanfarão.

=]

Jéssica disse...

Cuidado para você não se achar tão parecida com uma borboleta que vai querer morrer em 24h. Naaah. Isso não, né?
haha.

saudade, a gente nunca mais conversou =///

;***

Layz Costa disse...

Vaan, que lindo! Borboletas são sempre lindas e a relação com liberdade, intensidade, entrega, perigo, beleza é muito forte, muito linda!

beijo, saudade daqui! =*

Bruna Trindade disse...

Quando começaste a gostar de borboletas?

O seu ID respondeu por si só!

.Intense. disse...

O seu namorado, Daniel, é um fanfarrão.²


Gostei disso. ;)

Tenho uma amiga que tem o apelido de Menina Borboleta...um tempo atrás, tatuou uma borboleta azul no pé, tão delicada e bonita que parece viva, prestes a voar a qualquer momento. A gente fica sem saber se a liberdade que passa é pela 'essência' da coisa, ou se pela sensação de que ela vai bater as asas na primeira distração...

E, ó, ter tatuagem é 'mó bom'. Tou doida pra fazer mais uma. Só pensando 'onde, onde, onde'...Dou a maior força.

;)

Mine Tawil disse...

hihihi foi isso que eu fiz ;]
Minha borboleta é, sobretudo, a liberdade que eu quero.
Ah, voltei...

;*